Projeto desenvolvido no Campo Belo mostra a importância da compostagem

Buscando meios alternativos para o tratamento do lixo doméstico e procurando introduzir o conceito de compostagem, a população e a Associação dos Amigos dos Jardins Petrópoles e dos Estados (Sajape), por meio de uma parceria com a Subprefeitura Santo Amaro e com financiamento do Fundo Especial de Meio Ambiente (Fema), desenvolveram o projeto Compostando no EcoPonto.

O intuito principal do projeto é oferecer à população a oportunidade de aprender mais sobre a importância da compostagem e seu funcionamento, além da conscientização em relação ao destino dado ao lixo orgânico na cidade de São Paulo.

A parceria firmada entre Subprefeitura Santo Amaro e Sajape, prevê, por parte da Subprefeitura, a cessão de um espaço no EcoPonto Vicente Rao e de um funcionário para o desenvolvimento das práticas do projeto. Lá foi instalado o Pátio de Compostagem, que recebe resíduos vegetais, como restos poda de árvores, cercas vivas, galhos, arbustos etc. Esses materiais são depositados no triturador, máquina que processa os detritos para a produção do composto. Nos próximos meses, esse composto produzido no EcoPonto com os resíduos depositados pela população será disponibilizado gratuitamente a quem tiver interesse em adquirir o material para utilização como adubo de hortas e jardins domésticos.

Para garantir o envolvimento da população o ‘Compostando no EcoPonto’ também desenvolve ações voltadas a jovens e crianças nas escolas da região. Como uma palestra apresentada em um colégio particular da Vila Isa, a uma turma de aproximadamente vinte adolescentes, entre 15 e 16 anos de idade. Apresentada pela bióloga Patrícia Blauth, a palestra apresentou um conteúdo diversificado, no que diz respeito à reciclagem. A palestrante abordou o conceito de reciclagem, o que pode ou não ser reaproveitado e apresentou aos alunos uma composteira, parte integrante do sistema de compostagem. Durante o evento houve muita integração entre os alunos, que demonstraram estar antenados sobre o assunto.

Como funciona

O processo de compostagem faz parte da agricultura urbana que cada vez mais passa a integrar a vida do paulistano. Esse procedimento visa diminuir a quantidade de lixo orgânico destinado aos lixões e aterros sanitários da cidade.

O sistema é constituído por uma composteira (sistema que pode ser montado com madeira velha, bambu ou tijolos). Nela é depositada parcela de lixo orgânico decorrente do dia-a-dia, criando-se uma camada de lixo e outra com folhas secas e serragem, para evitar o mau cheiro.

Serviço

Compostando no EcoPonto
Horário:
 Terças e quintas-feiras, das 9h às 11h
Local: EcoPonto Vicente Rao
Endereço: Avenida Vicente Rao, 308, Baixo do Viaduto Vereador José Diniz.
Telefone: 3854-7372

Fonte: Prefeitura de São Paulo




1 resposta

  1. Paulo Martin 11 de abril de 2012

Deixe seu comentário